Biografia

João Gentil assume-se como um músico e acordeonista de índole sentimental, onde o acordeão flutua em melodias suaves e românticas. Afasta-se do virtuosismo e dos concursos de acordeão com os quais nunca se identificou, vivendo a música no seu coração e alma.

Apresenta um crescimento nos ultimos anos da sua carreira em clara forma exponencial, sendo convidado de inúmeros artistas de renome nacional e internacional e marcando presença nos melhores palcos em Portugal e no estrangeiro. João Gentil mudou a imagem do acordeão, transformando-a num instrumento doce, sentimental e capaz de exprimir do seu interior uma beleza melódica arrepiante.

Nasceu na cidade de Cantanhede em 1980 e bem cedo despertou o gosto para a música.

Com apenas 6 anos de idade os pais emigraram para a Suíça onde iniciou os estudos musicais e viveu até aos 11 anos. De regresso a Portugal em 1992, frequentou o Conservatório de Música onde foi aluno de Paulo Jorge Ferreira e de José António Sousa na disciplina de acordeão.

Em Portugal, com apenas 12 anos de idade começou por tocar acordeão nos principais grupos de folclore do concelho de Cantanhede e também em casamentos. Este período intenso das mais variadas experiências no mundo da música, principalmente ligadas ao folclore e à música de entretenimento, marcou-o como músico. Mas, é na década de 2000 que o seu percurso assume maior velocidade no estudo do acordeão.

João Gentil assume-se como um músico de índole sentimental, onde o acordeão flutua em melodias suaves e românticas. Afasta-se do virtuosismo e dos concursos de acordeão com os quais nunca se identificou, vive a música no coração e na alma.

Foi professor de Acordeão na Academia de Música de Ançã, desde 2005 a 2012. Professor de acordeão na Associação Académica de Coimbra desde 2012 até 2014. Professor na Escola de Artes do Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz desde 2014.

Foi colaborador da Accordions WorldWide – www.accordions.com – de 2006 a 2011 – em representação de França pelo seu domínio fluente do francês, estabelencendo contactos pelo mundo inteiro.

Em 2007 colaborou, como especialista em acordeão, com a Roland Corporation, representando a Roland Iberia (Portugal e Espanha) no segmento V-Accordion, tendo sido convidado a participar como especialista de produto no 1st V-Accordion camp em Castelfidardo-Italia (2008) e no 2nd V-Accordion Camp em Ascoli Piceno – Italia (2009). Colaborou como tal no aperfeiçoamento do acordeão digital, nomeadamente no modelo topo de gama da Roland V-Acordion com o FR 8xb.

Em 2009 iniciou o estudo do Bandoneon na cidade de Buenos Aires assistindo seminários com o prof. Julian Hasse da Academia Nacional del Tango de Buenos Aires.

Aperfeiçoou-se na escola de acordeão CNIMA – Centre National et International de Musique et de l’Accordéon, em França, tendo aulas com o professor e pedagogo de prestigio mundial Mr. Jacques Mornet (2011).

Frequentou masterclasses e workshops diversos dos quais destaca em 2014 com o acordeonista francês Richard Galliano.

Conta com digressões internacionais na Argentina (2010, 2011, 2012, 2014, 2015), no Brasil (2010 e 2012), na Colombia (2010), Espanha (2009), entre outras participações em festivais como por exemplo na Noruega (Bergen), Irlanda (Athlone), Itália (Pescara), Estados Unidos (Las Vegas), Marrocos (Meknès), Ilhas Canárias (Santa Cruz de Tenerife), entre outros.

Durante o seu percurso ja tocou com variados músicos do panorama nacional assim como internacional, como por exemplo Rui Veloso, Uxía (Galiza), António Zambujo, Vitorino, Viviane, Brigada Vitor Jara, André Sardet, Couple Coffee, Inês Santos, JP Simões, Rogério Charraz, Luiz Caracol, Pensão Flor & Orquestra Clássica do Centro, Gabi Buarque (Brasil), só para nomear alguns.

Várias são as participações televisivas em programas como “Portugal no Coração” da RTP, programa “Argentinisima” da Cronica TV (Argentina), programa do Roger da RBS TV Globo (Brasil), programa “Galpão Nativo” (Brasil), participação especial na telenovela da SIC “Rosa Fogo” (Portugal), Gala da Sociedade Portuguesa de Autores transmitida em directo na RTP1 a partir do Centro Cultural de Belém, entre outros.

Principais salas onde já actuou:

Coliseu Recreios de Lisboa, Coliseu do Porto, Theatro Circo de Braga, Cine Teatro Torres Vedras, Auditorio Torrente Ballester de Salamanca-Espanha, Portuguese Club of London – Ontario/Canadá, Plaza Hotel – Las Vegas/USA (International Accordion Convention), Museo Contemporaneo de Arte de Vigo, Theatro Elisabeth Rosenfeld de Gramado (Brasil), Almagro Tango Club (Buenos Aires, Argentina), Auditorio Municipal de Valledupar (Colombia), Auditorio Asociasion Médica de Rosario (Argentina), Auditorio de Tenerife (Sala Sinfónica), Casa da Música no Porto (Sala Suggia) , entre muitos outros.

Participou, como músico, em vários espectáculos musicais com encenação de António Leal, dos quais destacamos “Contracanto” (com música de José Afonso), e a “As Músicas que os vinhos Dão”.

Gravou o seu primeiro disco com o nome “ConLatinidade” na Argentina e Portugal com a participação de músicos argentinos, portugueses e brasileiros, a ser editado em todo o mundo em Dezembro 2014 e com a chancela Antena 1. Conta com várias participações discográficas, quase todas com o galardão de Disco Antena1.

 

DISCOGRAFIA/Participações Discográficas

  • DVD “Mundo em Cartão” – André Sardet 2009
  • “Estas Palavras”  – Miguel Calhaz (Disco Antena 1)
  • “CORDIS 2” – Piano e Guitarra Portuguesa e no DVD ao vivo no TAGV
  • “Roma” –  JP Simões
  • “Tardio”  – Ricardo Fino (disco Antena 1)
  • “Espelho da Saudade” – Liliana Luz (disco Antena 1)
  • “ConLatinidade”  – João Gentil (disco Antena 1)
  • “Confidências” – Viviane (disco Antena 1)
  • “António Ataíde & os Impuros” – António Ataíde
  • “Não Tenhas Medo do Escuro” – Rogério Charraz (Disco Antena1)
  • “Sal” – Inês Santos
  • “Fausto Food” –  COUPLE COFFEE (Disco Antena1)